Notícias e Informativos

Vereadora pede reforma de creche na Vila Creti em Carapicuíba

  • Fonte: Assessoria de Imprensa
  • Publicado em: 05/02/2020
  • Assunto: Educação

A vereadora Emília Ramalho (PROS) apresentou na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Carapicuíba de 2020, realizada nessa terça-feira, 4, a indicação número 16/2020, pela qual pede ao executivo municipal a completa reforma da Creche Municipal Emília Leite de Figueiredo, localizada na Rua José Fernandes Teixeira (Vila Creti), por apresentar uma série de problemas estruturais.

Em outra indicação, a de número 16/2020, a vereadora pede ao prefeito Marcos Neves (PV) que estude junto à secretaria competente a construção de uma cobertura no complexo de saúde localizado à Rua do Bosque, 410, na Cohab II. Lá funcionam a UBS da Cohab II, o Pronto Atendimento 24 horas e o CAPS II Adulto, e a cobertura dará maior conforto aos funcionários e usuários em suas locomoções em dias de chuva.

 Através da indicação número 008/2020 a vereadora Emília Ramalho e o vereador Professor Ladenilson (PMB) estão indicando a necessidade de correção dos salários dos servidores municipais pelo IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Acumulado de 2019 que foi de 3,27%, ou valor aproximado, a fim de manter o poder aquisitivo da categoria.

 

Asfalto

A vereadora Emília Ramalho também apresentou na primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Carapicuíba, realizada nesta terça-feira, 4, diversas indicações solicitando ao executivo municipal obras de recapeamento asfáltico para ruas da cidade, a saber: Rua Vitória (Jardim Ana Maria); Rua Darci de Campos Alves (Jardim Tucunduva); Rua Monte Belo (Vila Clara); e as ruas Castro Alves, Diniz, Josefa Prudente e Liliane Regina (Vila Creti).

 

Escorpiões

Preocupada com a proliferação de escorpiões nesta época do ano, a vereadora está indicando ao executivo municipal, através de sua secretaria da saúde, área de zoonoses, consulta aos especialistas sobre os equipamentos necessários ao efetivo combate desses aracnídeos, como a “lanterna ultra violeta”, que faz com que o animal apresente um brilho fluorescente, facilitando assim sua localização pelos agentes.

As indicações seguem agora para análise do poder executivo municipal.